041

A busca por segurança alimentar, saúde e bem estar tem sido cada vez maior entre a população mundial, uma tendência que influencia o agronegócio. Segundo a coordenadora do Centro de Inteligência em Orgânicos (CI Orgânicos), Sylvia Wachsner, a venda de produtos orgânicos tem crescido em média 20% ao ano, o que faz desses alimentos uma oportunidade para os produtores de pequenas propriedades rurais.

Esse aumento do consumo já é de conhecimento do mercado, porém pouco é feito para atingir os consumidores em potencial. Com isso, os produtores podem se beneficiar desta oportunidade e buscar alternativas para ampliar seu mercado de atuação e a visibilidade do seu negócio.

Sugestão de alternativa

Aliado ao crescimento econômico, o governo busca, por meio de programas como o Brasil Orgânico e Sustentável, aumentar o conhecimento da população e dos empresários sobre os alimentos orgânicos. O projeto tem por objetivo o incentivo ao consumo de produtos orgânicos e diferenciados. Uma das ações do programa será a abertura de quiosques nas cidades-sede dos eventos esportivos, que ficarão por uma semana em cada cidade com a apresentação e venda de produtos orgânicos.

O empreendedor deve ficar atento aos novos programas que o governo possa lançar, pois este aposta no aumento do mercado de orgânicos.

Outras dicas

Empreendedor rural, existem ainda outras oportunidades que você pode aproveitar. Para fomentar a sua venda, busque conhecer mais sobre as empresas que necessitam de produtos orgânicos, bem como parceria com hotéis e restaurantes das cidades-sede. Ou seja, além de ofertar seu produto diretamente ao turista durante o mundial, você poderá comercializá-lo com outras empresas e potencializar sua propriedade para aproveitar os resultados do megaevento.

Caso tenha dúvidas, busque auxílio no Sebrae da sua região e Federações de Agricultura do seu estado.

Informe-se mais sobre o mercado de orgânicos. Acesse: http://www.sebrae.com.br/setor/horticultura/agricultura-organica/o-que-e