Giro de Oportunidades_Sobre das Rodas

 

O mercado das bicicletas está em alta. Em muitas cidades brasileiras, a bicicleta já é amplamente utilizada, um meio de transporte consagrado. Porém, elas disputam espaço com carros e mercado com motocicletas.

A disputa fica ainda mais acirrada nas grandes cidades que carecem de ciclovias e de integração entre trechos já instalados. As cidades-sede da Copa do Mundo FIFA estão buscando transformar esse cenário com a implementação de ciclovias e interligação de rotas entre as cidades e suas regiões metropolitanas. Com isso, a previsão é de que até a Copa de 2014, as ágeis, saudáveis e econômicas bicicletas possam circular ainda mais.

Bicicletas atraem usuários que carregam motivações diversas, mas é o segmento esportivo e o de mobilidade urbana que mais crescem no mercado, trazendo boas perspectivas para os pequenos negócios no varejo.

Lojas especializadas de bicicletas, acessórios, componentes e serviços, como manutenção e estilização atrairão ainda mais brasileiros. Modelos dobráveis, com troca de marcha eletrônica ou com bagageiro e carrinho de bebês acopláveis prometem ser novidades que vão dominar as lojas, tanto para o público que usa a bicicleta como meio transporte, tanto para aqueles que a curtem como lazer.

Já para atrair os turistas estrangeiros que virão para a Copa do Mundo, interessados na mobilidade e no lazer, os serviços como o de locação também podem ser excelentes oportunidades. Veja a seguir tópicos de oportunidades extraídos do Boletim Sebrae 2014 – Brasília.

 Bike-Delivery

Por ser um meio de transporte saudável, ágil e não poluente, a bicicleta é cada vez mais utilizada nos grandes centros urbanos do Brasil e do exterior para a entrega de encomendas. Em Brasília, a ONG Rodas da Paz fez um estudo de viabilidade financeira e no segundo semestre de 2011 promoveu uma experiência com o shopping Conjunto Nacional. Para realizar o serviço, quatro ciclistas experientes da Rodas da Paz usaram bicicletas preparadas para entrega, com baú próprio e equipamentos de segurança. Com esta iniciativa, a ONG cumpriu a demanda de entrega e mostrou a viabilidade da Bike-Delivery (Bici-Entrega) na capital federal como um serviço 100% ecológico.

Bike-Valet

Outro serviço bastante interessante é o Bike-Valet: um estacionamento de bicicletas conveniente e seguro, oferecido em festivais, feiras, shows, congressos, eventos esportivos e especiais durante todo o ano. Essa inovação, já adotada e aceita em São Paulo, é viabilizada por intermédio dos organizadores de eventos, que contratam o serviço de uma empresa que disponibiliza e opera uma estrutura completa de estacionamento de bicicletas em seus eventos.

Os ciclistas podem deixar as bicicletas com todos os acessórios, capacete e alforjes e o serviço de Valet cuida de absolutamente tudo. Os usuários chegam ao posto de atendimento, preenchem um cadastro e recebem um ticket numerado. Uma equipe estaciona e cuida das bikes durante o evento. No final, o usuário a retira devolvendo o ticket.

Bike-Hanger

Estacionamentos verticais, que mais se parecem com rodas-gigantes é uma solução que desenvolvida por designers do estúdio Manifesto Architecture, em Nova York. Os equipamentos possuem capacidade de armazenamento suspenso entre 15 e 36 bicicletas.

O hanger utiliza garrafas plásticas e aço inoxidável reciclados e funciona por meio de um sistema hidráulico que usa a força do homem (nenhum tipo de energia é consumida). O projeto prevê a instalação em espaços inutilizados, como laterais de edificações e embaixo de viadutos.