O segmento de moda masculina se expande e se transforma constantemente, impulsionado pelo aumento da vaidade, que faz com que o interesse dos homens pela moda cresça.

Em relatório feito pelo Sebrae/RJ verificou-se que o perfil dos consumidores é composto em sua maior parte por homens entre 25 e 34 anos. A compra em lojas físicas é predominante: mais de 90% realizam suas compras pessoalmente. Ademais, a média de gasto registrada na última compra foi de R$ 115.

O Boletim de Tendência apresenta estes dados e outros do nicho de moda íntima masculina, a fim de avaliar as oportunidades para os micro e pequenos negócios do setor.

Confira!

moda íntima masculina sebrae