Deep fried spring chicken in golden lemon batter with saladLevantamento realizado pelo Sebrae Nacional com apoio da Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) identificou oportunidades no fornecimento de produtos do agronegócio no segmento de refeições fora do lar.

O estudo foi realizado com base em uma amostra de 336 estabelecimentos espalhados em todos os Estados brasileiros, sendo:

  • 64,6% restaurantes.
  • 23,2% bares.
  • 12,2% outros (padarias, sorveterias, lanchonetes etc).

Para todos os tipos de carnes, a pesquisa constatou que os estabelecimentos mais buscados na hora de efetuar a compra são os atacadistas. Eles chegam a ser responsáveis por 63,1% das vendas de aves e 59,8% das vendas de carne bovina, apesar do preço alto e dos atrasos na entrega, segundo os entrevistados.

As compras efetuadas direto do produtor ainda apresentam índices relativamente baixos, que podem representar uma boa oportunidade de crescimento:

  • Aves: 8%
  • Carne bovina: 7,7%
  • Carne caprina: 3,9%
  • Carne suina: 6,5%
  • Peixes: 11,6%
  • Crustáceos ou frutos do mar: 11,9%

Vale destacar que nas compras em lojas especializadas ou direto do produtor as oportunidades estão no quesito preço. Outros diferenciais competitivos estão na disponibilidade constante do produto e no serviço de entrega.

Com relação especificamente aos peixes, crustáceos e frutos do mar, um problema geral muito indicado nas cidades não litorâneas é a dificuldade de encontrar variedades dos produtos.

Para outras informações, acesse a íntegra da pesquisa.