Estudo do Sebrae levanta informações sobre o mercado de móveis no Brasil a partir da visita de consultores à feira MOVELSUL em 2014.

movelsulfotos

Dentre as informações se destacam dez fatores de impacto da nova classe média brasileira no mercado de móveis

1. Nos últimos 10 anos houve um incremento de 40 milhões de pessoas na classe C.

2. Estima-se que 110 milhões de pessoas pertençam à classe C.

3. Em 2013 o mercado de móveis foi de R$ 50 bi, em que R$ 23 bilhões provêm da classe C.

4. O que motiva a compra do móvel na classe C é um empate entre preço e qualidade.

5. Público está mais qualificado e exigente, não busca somente preço, mas quer produto com inovação, design e diferenciais.

6. Modernizar a residência é uma forma de tornar o imóvel mais agradável aos vizinhos e às visitas.

7. 55% dos entrevistados pretendem reformar a casa nos próximos 12 meses.

8. 31% querem trocar a decoração.

9. Entre os itens que a classe C deseja comprar para casa em 2014, móveis é o primeiro da lista.

10. Móveis também são a principal motivação de compra em 2014 pra quem reside no interior

Fonte: [DataPopular e Sebrae (2014)]

Confira o estudo em http://www.sebraemercados.com.br/wp-content/uploads/2015/08/Inteligencia-em-feiras-MOVELSUL.pdf