O mercado de brechós cresceu muito nos últimos anos. No Brasil, o número
de pequenos negócios de artigos usados com faturamento de até 3,6 milhões de reias subiu 210% em cinco
anos. Além disso, o mercado tem um público fiel e diversificado e apresenta
pouca concorrência. Esse crescimento pode estar relacionado com mudanças no
hábito de consumo dos clientes, que buscam por preços mais acessíveis e práticas sustentáveis e de pós-consumo.
Foi pensando nisso, que o Sebrae lançou uma cartilha, que
reúne as melhores práticas para o comércio de brechó e serve para o empresário estar
mais preparado para atuar neste mercado.
O documento explica
como abrir uma loja de brechó, fala de sites de localização, ensina como
adquirir peças para o seu brechó, como precificar os produtos, como manter a
higiene das peças, fala de como deve ser o atendimento ao cliente e ainda
ensina como deve ser a divulgação do seu brechó.

Um manual completo para quem tem mais interesse de entrar no
mercado de brechó ou para quem já atua no ramo, mas quer melhorar suas
práticas.  
Clique aqui e tenha acesso ao
conteúdo da cartilha!