Os espaços institucionais privados e públicos também receberam melhorias que incluem a instalação e troca
de mobiliário, esquadrias, pisos, entre outros, gerando pedidos e encomendas para marcenarias, tapeçarias e
pequenas oficinas especializadas no artesanato com madeira. A demanda por produtos e serviços de marcenaria em obras públicas, classificadas como construção, reforma, fabricação, recuperação ou ampliação de bem público, está aquecida até a realização do próximo megaevento esportivo, os Jogos Olímpicos Rio 2016. Com a  construção das vilas olímpicas e seus alojamentos, o governo, nas esferas federal, estadual e municipal, abrirá licitações para o fornecimento de madeira e móveis destinados a diversas edificações.

moveis-obraspublicas

Para compor os espaços novos e revitalizados das edificações públicas, como estádios, teatros, unidades de  hospedagem, escolas e clínicas, serão necessários vários itens de mobiliário, produzidos sob projeto, de acordo com a metragem e layout do espaço. Além disso, para melhor planejar a participação em concorrências públicas,  fabricantes de móveis devem conhecer as modalidades de licitação.

A qualificação técnica exigida para diversos produtos, como o mobiliário, é indicada nos editais de licitação por meio de um documento em que constam as dimensões, materiais, ferragens, acessórios, acabamentos, entre outros, a serem utilizados na fabricação dos produtos, visando determinado desempenho técnico.
Essas especificações são elaboradas em conformidade com as normas técnicas vigentes, publicadas nos manuais da ABNT, e tem como objetivo garantir a durabilidade dos produtos, além de conforto e segurança para todos os usuários.

Para saber mais sobre o assunto, clique aqui.