Por: 24/10/2012    Cartinha

A mulher moderna valoriza inovações e novidades e está antenada e conectada às tendências da moda, beleza e estética

Nos últimos anos, é notório o aumento da participação das mulheres no mercado de trabalho. Segundo dados do IBGE, a análise por grupos etários mostrou que, em 2011, cerca de 63,9% das mulheres ocupadas tinham entre 25 e 49 anos de idade.

O crescimento do número de mulheres com carteira assinada somado ao aumento do poder aquisitivo das classes C e D provocou uma sofisticação no mercado de beleza e estética, no qual as ofertas de produtos foram ampliadas e a diferenciação dos produtos passou a ser elemento de valorização pelas consumidoras.

Esta “nova” mulher que se insere no mercado e na sociedade de forma tão contundente é a locomotiva que está puxando o crescimento do mercado de beleza e estética e modificando os paradigmas e conceitos dos salões de beleza.

Como as mulheres consumem produtos de beleza

Segundo dados de uma pesquisa realizada pela empresa Sophia Mind, as mulheres estão passando por grandes mudanças comportamentais, culturais e sociais e precisam ser compreendidas profundamente para que se estabeleça com elas uma comunicação efetiva e conveniente.

O objetivo da pesquisa foi avaliar a satisfação das mulheres com a aparência e entender como ocorre o consumo de produtos e tratamentos de beleza, incluindo os realizados nos salões de beleza, como manicure e depilação.

Abaixo são apresentados os principais resultados da pesquisa:

• 56% das mulheres estão insatisfeitas com sua aparência. O principal motivo é estar acima do peso ideal e o segundo é a insatisfação com o cabelo;

• A opinião de outras pessoas é importante para se sentirem bem;

• 79% das mulheres usam produtos de beleza. Entre eles, os mais usados são produtos para o cabelo, cremes hidratantes e maquiagens. O uso de alguns produtos varia de acordo com a idade. O aumento da renda familiar faz com que aumente o consumo de produtos em todas as categorias investigadas;

• O gasto médio de R$ 97,00 mensais com serviços e tratamentos de beleza é maior do que o gasto médio de R$ 80,00 unicamente com a compra de produtos de beleza.

• Quando perguntadas sobre quais itens sofreriam corte de gastos em uma situação de crise financeira, frequentar o salão de beleza seria o segundo item a ser cortado do orçamento das mulheres. A compra de produtos de beleza é um dos últimos itens indicados ao corte;

• 83% das mulheres se dizem satisfeitas com os produtos de beleza que estão no mercado atualmente, porém apenas 6% não os trocariam por nenhum outro;

• Amigas e profissionais da área de beleza são as principais fontes que apresentam novidades de produtos e, ao mesmo tempo, indicam o uso de produtos específicos.

 

Fatores de influência e decisão de compra

As mulheres modernas estão cada vez mais ocupadas, querem ser atendidas sem hora marcada e não se importam em pagar mais por um produto/serviço de qualidade. Valorizam inovações e novidades e estão antenadas e conectadas às tendências da moda, beleza e estética.

Este comportamento de consumo do público feminino é um grande desafio para o negócio de salões de beleza. Os serviços de manicure são, por exemplo, os que geram maior fluxo de clientes na maioria dos salões de beleza, contudo as consumidoras possuem fidelidade à profissional que faz o serviço e não ao salão de beleza. Não é raro clientes optarem por outros salões, em alguns casos até mais distantes de seus locais de moradia ou trabalho, pelo simples fato de que a profissional que faz o serviço de manicure “migrou” para outro estabelecimento.

Esta é uma característica típica dos serviços: a inseparabilidade.

Segundo Philip Kotler, os serviços apresentam quatro características principais, que afetam enormemente a elaboração de programas de marketing: intangilidade, inseparabilidade, variabilidade e perecibilidade. Por inseparabilidade, entende-se a propriedade que os serviços possuem de serem produzidos e consumidos simultaneamente. A pessoa encarregada de prestar o serviço é parte dele. Como o cliente também está presente enquanto o serviço é executado, a interação prestador de serviço e cliente é uma característica especial do marketing de serviços.

Tanto o prestador de serviços como o cliente afetam o resultado do serviço. O estado emocional do prestador do serviço poderá afetar a qualidade, fazendo com que o resultado seja diferente do padrão experimentado em outros momentos de consumo daquele serviço.

Padronização de métodos de trabalho

Alguns tipos de serviços, também comuns em salões de beleza que já optam pela diversificação, têm reduzido o caráter de inseparabilidade com a padronização de métodos de trabalho e adoção do sistema de franquias.

O serviço de depilação é um exemplo. As redes de franquia desse tipo de serviço concorre diretamente com os salões de beleza, com a vantagem de proporcionar alguns atributos valorizados pela consumidora moderna: praticidade e agilidade.

Garantidas as condições de higiene do processo e do ambiente e o uso de produtos de boa qualidade, os atributos mais valorizados pelas mulheres tendem a ser a disponibilidade e a localização para a realização do serviço de depilação. São exatamente esses atributos os que se destacam como diferenciais das redes de franquia de depilação que ganham espaço no mercado.

Portanto, empresários e empresárias do negócio de salões de beleza devem estar atentos às novidades e tendências que surgem no mercado, bem como conhecer bem o perfil e a preferência de consumo de suas clientes. Você já fez uma pesquisa de perfil de consumo com sua cliente?

Edição: Fernanda Peregrino, da F&C Comunicação e Projetos.


  1. Luciana disse:

    Boa tarde!

    Gostaria de uma opinião. Em minha cidade terá um curso em estética.Sempre gostei muito deste mercado da Beleza,o curso é TÉCNICO EM ESTÉTICA e estou na dúvida se devo ou não fazer…
    Fico no aguardo.

    Luciana

  2. Simone Costa disse:

    Bom dia!
    Administro um salão de beleza e esta nunca foi minha área de trabalho. Estou enfrentando dificuldades com o gerenciamento de pessoal e embora tenha ideias e identifique grandes problemas que precisam ser sanados, não sei como e nem por onde começar.
    Preciso da orientação do Sebrae para não perder meu negócio. Pois os clientes já estão migrando para os outros salões vizinhos. Que são muitos.
    Qual o custo cobrado pelo Sebrae para me dar o suporte que preciso para não perder o investimento feito quando pegamos o ponto e mudar a cara do salão atraindo antigos e novos clientes.
    Obrigada.

    • Lúcio Silva Pires Júnior disse:

      Prezada Simone,

      Agradeço pela leitura de nosso blog! É muito importante a busca de orientação qualificada para gestão de seu negócio, por isso sugiro que procure um ponto de atendimento do Sebrae, acesse o nosso site (www.sebrae.com.br) ou ligue para a nossa Central de Atendimento (0800 570 0800) que o Sebrae mais perto de você irá te atender. De qual estado você é? O Sebrae possui uma atuação em consultoria e capacitação que poderá te ajudar muito.

      Um abraço.

      Unidade de Acesso a Mercados e Serviços Financeiros/Sebrae Nacional

    • Ana Paula Mendel disse:

      Prezada Simone,
      Sou Consultora de negócios na área de beleza e docente do Senac Rio no Curso de Gestão de Salão de Beleza e Clínica de Estética. Trabalho com treinamento comportamental em salões de beleza, com o objetivo de desenvolver equipes com padrão de atendimento. Também desenvolvo projetos financeiros para empresas de beleza. Entre em contato pelo e-mail: anapaulamendel@hotmail.com e podemos conversar sobre as necessidades de sua empresa.
      Um abraço,
      Ana Paula Mendel
      Consultora

  3. claudia souza da silva disse:

    eu achei muito rica essa informações eu tenho um alvo para ser alcançado e preciso de muitas ajuda eu fico feliz por ter tantos meios de aprender com pessoas bem informadas, gostei muito

  4. Ana Lucia Jezuino da Costa disse:

    Adorei o artigo, porque realmente se configura uma mudança no comportamento dos frequentadores dos salões de beleza, estimulada pela dinâmica de vida das pessoas, em particular da população feminina.

  5. Danielle disse:

    Boa noite,
    Hoje trabalho em uma Financeira a 4 anos, faço parte do mercado de financiamentos a 10, tenho 33 anos e sempre tive um sonho ” ser dona do meu nariz ” ter meu próprio negócio.
    Adoro tudo que envolve o ramo da beleza, me identifico muito e esse é o tipo de negocio que quero encarar.
    Já fiz vários rabiscos, já tenho o nome do salão, as cores, como quero, o tipo de publico etc. Porém o medo de arriscar ainda é meu principal vilão, me prende não me deixando seguir em frente.
    No Sebrae aqui de Belém do Pará, como posso ter o direcionamento para ajudar na construção de meu Salão de fato!

    Obrigada.

    • Unidade de Acesso a Mercados e Serviços Financeiros disse:

      Olá, Danielle!

      Para um melhor atendimento à sua real necessidade, sugerimos que você procure de o ponto de atendimento do Sebrae mais perto de você, onde poderá ser encaminhado para um consultor especializado. Para saber onde fica a unidade mais próxima, ligue gratuitamente para a central de atendimento: 0800 570 0800.

      Abraços,

      Equipe do blog Mercado ao Seul Alcance

    • Ana Paula Mendel disse:

      Prezada Danielle,
      Sou Consultora de negócios na área de beleza e docente do Senac Rio no Curso de Gestão de Salão de Beleza e Clínica de Estética. Trabalho com treinamento comportamental em salões de beleza, com o objetivo de desenvolver equipes com padrão de atendimento. Também desenvolvo projetos financeiros para empresas de beleza. Entre em contato pelo e-mail: anapaulamendel@hotmail.com e podemos conversar sobre o desenvolvimento de um plano financeiro e a análise de viabilidade da empresa de beleza que você pretende abrir.
      Um abraço,
      Ana Paula Mendel
      Consultora

Deixe seu comentário