Vaidade Masculina 1

Há algum tempo o mercado de beleza cresce constatando que vaidade como exclusividade feminina é coisa do passado. Nos últimos anos, os produtos e serviços para eles começaram a ganhar mais atenção e tudo indica que essa tendência veio para ficar. Dados da consultoria britânica Euromonitor International demonstram que as vendas de produtos voltados para a beleza masculina vão continuar crescendo.

Supermercados, farmácias e lojas de bairro são os locais preferidos para a aquisição de produtos por esses consumidores, conforme pesquisa Mintel Inspire: 81% deles compram seus produtos de higiene e cosméticos em lojas físicas, mesmo sem a existência de uma seção específica ou de estabelecimentos dedicados a esses itens.

Em entrevista a um portal de notícias do setor, Iris Ramirez, analista sênior do setor de Beleza e Cuidados Pessoais da Mintel, informou que 19% deles costumam comprar produtos de beleza sempre nas mesmas lojas, contra 15% das mulheres. Ou seja, quando o assunto é ambiente de compra, os homens se declararam mais fieis que as mulheres.

Essa perspectiva alanca o potencial de oportunidades como: lojas exclusivas de produtos de beleza para homens ou seções separadas para esse público dentro das lojas de varejo. Uma pesquisa encomendada pela L’Oréal apontou que 85% dos homens compram seus próprios produtos – o que indica que a aposta da comunicação visual de uma loja ou de uma seção exclusivamente masculina precisa ser planejada para atrair esse perfil de consumidor.

 

Mudança de comportamento

A mudança do comportamento masculino em relação à própria beleza é um fenômeno mundial. A aposta do mercado global para os próximos anos é a consolidação de um consumo mais forte em cosméticos, do que em produtos de higiene pessoal.

Uma pesquisa feita pela JWT com mil homens nos Estados Unidos e Inglaterra mostra que os cosméticos estão cada vez mais presentes na vida masculina:

  • 54% usam produtos para os cuidados com a pele (hidratantes e cremes para os olhos)
  • 33% depilam ou remove os pelos
  • 39% usam protetor para lábios
  • 29% fazem manicure
  • 24% investem em tratamentos faciais
  • 13% depilam a sobrancelha
  • 19% fazem bronzeamento artificial
  • 11% usam pós-bronzeadores
  • 10% aplicam corretivos
  • 9% usam base

Leia mais conteúdo relacionado ao tema: Perspectivas de mercado até 2015

Agenda do Setor: Feira Internacional de Beleza Profissional, dias 06 a 09 de setembro – São Paulo.

 

Fontes: Beatyfair; CosmeticaNews