Vaidade Masculina_Principal

Cuidar da aparência não é moda. É demonstração de autoestima. É cuidar, acima de tudo, da própria saúde e bem-estar. Independentemente de gênero.

No caso do público masculino, esse cuidado virou tendência de mercado: os homens estão cada vez mais zelosos em manter uma aparência jovial e saudável, pois este também é um ingrediente fundamental para o sucesso pessoal e profissional.

O Estudo de Tendências de Mercado (2011), realizado pelo Sebrae Salvador, confirma: a crescente procura por produtos e serviços de estética masculina está formando um mercado especializado.

O cliente desse mercado é formado por homens:

  • Entre 25 e 34 anos (23% da população masculina do país);
  • Com alto poder aquisitivo (76% pertencem à classe B);
  • Solteiros (60%);
  • Praticantes de alguma atividade física (67%);
  • E que procuram se vestir com elegância (70%).

Quando se busca alternativas de negócios com a prestação de serviços em espaços unissex, é preciso ter uma atenção extra: esse público desafia empresários do setor de estética com demandas por serviços mais exclusivos. Centros de beleza que atendem a essa demanda são a bola da vez nas metrópoles brasileiras que estão ganhando cada vez mais visibilidade no mercado.

Alguns exemplos de negócios que estão atraindo o público masculino:

Massagem, limpeza de pele, depilação e pedicuro estão no topo dos interesses dos homens vaidosos, que encontram nos estabelecimentos mais ousados uma combinação desses serviços com um ambiente de conforto e sociabilidade. Atrativos como Dia do Noivo ou estabelecimentos que remontam o ambiente de tradicionais barbearias londrinas também estão ganhando mais adeptos.

Não há limites para a criatividade, afinal este elemento pode ser o diferenciador do negócio. A onda de novos salões e spas voltados exclusivamente para homens se iniciou no Rio de Janeiro e São Paulo. Porém cidades com perfil cosmopolita também apresentam potencial para novos negócios nesse segmento.

Parcerias com meios de hospedagem, de modo a poupar a ida dos clientes até o salão para alguns serviços básicos como manicure e pedicuro, são um exemplo de ações que podem aumentar o rendimento sem que seja necessário fazer grandes investimentos em infraestrutura. Vale alertar também que, apesar de serem maioria, os homens não são os únicos que irão a Salvador curtirem os jogos das Copas, por isso, não se trata de excluir as mulheres, mas sim de incluir ou se especializar nos serviços masculinos visando atrair um novo perfil de cliente.

Visite o blog da Revista Mensch para conhecer mais detalhadamente alguns centros de beleza especializados em cuidados masculinos. Clique no link:

Acesse também a página eletrônica do Sebrae para o setor:  Sebrae – Beleza e Estética