A tecnologia automobilística avança em uma velocidade tão estonteante que é fácil supor que em um futuro próximo os painéis dos veículos sairão das fábricas com opção de aplicativos que permitam a comunicação entre máquinas e pessoas de idiomas diferentes, sem que para isso uma delas saiba falar a língua do outro.

Nesse mundo imaginário, o turista da Copa de 2014 entraria em um taxi no Brasil e poderia conhecer qualquer cidade sem pronunciar uma sílaba de outro idioma que não fosse o seu. Mas qualquer profissional que lida com atendimento, principalmente no segmento de serviços, sabe que a interação humana é um elemento determinante na satisfação do consumidor.

Por isso, o aprendizado de um idioma estrangeiro traz um diferencial de peso aos profissionais de taxi. Não só por causa da Copa FIFA e das Olimpíadas, mas também por causa do aumento do número de turistas estrangeiros que ano a ano desembarcam no País. Em 2012 foram mais de 5 milhões de visitantes de fora do País. Um crescimento de 4,5% em relação a 2011.

O profissional que quiser aprender inglês ou espanhol poderá participar do Programa Taxista Nota 10. Falar inglês ou espanhol não é nenhum bicho de sete cabeças, mas como toda área do conhecimento exige prática. Uma das formas para manter vivo o novo conhecimento é ler e conversar utilizando o idioma aprendido.

Pra conhecer o programa, clique na imagem.

Se meu taxi falasse inglês_Miolo

 

 

 

 

 

 

O seu taxi é uma empresa

O Taxista Empreendedor é projeto realizado pelo Sebrae em parceria com a TV Brasil.  Um kit educativo para os profissionais dessa área com informações necessárias à capacitação empreendedora, de maneira dinâmica e com linguagem simples.

Os taxistas terão uma visão global da gestão de negócios, com a abordagem de questões importantes do cotidiano como atendimento, marketing, turismo, relações humanas, controle financeiro e qualidade de vida. Histórias, dados e dicas para ajudar motoristas do país todo a inovar no atendimento, buscar novas oportunidades e fazer do táxi um bom negócio. Ainda mais agora, com a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016 se aproximando. Ou seja, tudo o que é importante saber para fazer do taxi um bom negócio!dedor é projeto realizado pelo Sebrae em parceria com a TV Brasil.  Um kit educativo para os profissionais dessa área com informações necessárias à capacitação empreendedora, de maneira dinâmica e com linguagem simples.

Para saber mais, clique na imagem.

Se meu taxi falasse inglês_Miolo2