A economia argentina, assim como todas as economias latino-americanas, é volátil, oscilando entre períodos de crise e períodos de recuperação. No momento atual, a economia do país está em recuperação, devido às duas crises que assolaram o mercado nos anos de 2002 (quando ocorreu a mudança da conversibilidade do peso em relação ao dólar norte americano) e em 2008 (quando ocorreu a crise financeira mundial, desencadeada na economia norte americana).

Mercado Argentino

Atualmente, a Argentina está em recuperação, o que eleva os seus níveis de produção, representado pelo aumento constante do PIB, acima, inclusive, da média brasileira. Tal fato pode ser considerado um fator positivo para as empresas brasileiras que operam com produtos de base produtiva, como é o caso de máquinas e equipamentos.

Tenha acesso ao conteúdo completo se cadastrando e fazendo o download AQUI.