Paleta_MexicanaDepois dos cupcakes, frozen yogurt e bolos caseiros, é hora das paleterias mexicanas virarem febre entre os novos negócios. Essa é a aposta de matéria publicada no site Exame.com.

De acordo com o texto, elas podem ser de morango com leite condensado, doce de leite, abacaxi, goiaba ou chocolate. “Até pouco tempo, quase ninguém conhecia as paletas, esses picolés, geralmente recheados, que são famosos no México e caíram no gosto do consumidor brasileiro. Com quase o dobro do tamanho de um picolé tradicional, eles têm, em média, 120 gramas e ganharam um empurrãozinho das altas temperaturas neste verão para virar tendência de negócio”.

Segundo José Carmo Vieira de Oliveira, consultor do Sebrae-SP, “é um produto que tem apelo pelo tamanho, por ser artesanal e não ter produtos químicos. Tem tudo para ser um sucesso”, afirma . Uma paleta custa, em média, sete reais, dependendo do sabor e do tipo.

Para Eduardo Weisberg, presidente da Associação Brasileira das Indústrias e do Setor de Sorvetes (ASIS), o segmento de sorvetes está em alta e o boom de gelaterias italianas nos últimos anos é um dos sinais do mercado aquecido. As estatísticas da ABIS mostram que desde 2003, o crescimento do consumo de sorvete per capita, em litros por ano, teve um crescimento de 62,5% até o ano passado. “Temos muito espaço ainda para crescer e há espaço para todo tipo de indústria, de gelateria a picolés”, afirma Weisberg.

Para saber mais, leia a íntegra do texto.