minimercado

O Gerenciamento por Categorias é um método de gestão utilizado no varejo que consiste em gerenciar grupos de produtos relacionados e complementares, por exemplo, categorias de bebidas e limpeza. Visa atender as necessidades do cliente e facilitar o seu processo de compra.

O maior objetivo do Gerenciamento por Categorias é colaborar para o aumento das vendas e da lucratividade do varejista através da disponibilização de soluções que proporcionem ao consumidor uma maior satisfação no seu processo de compras. Fique atento: a satisfação do cliente contribui para a fidelização do mesmo!

O varejo se beneficia com o aumento do volume de vendas, com uma maior lucratividade, com o melhor aproveitamento dos espaços nas prateleiras prevenindo perdas e ruptura de gôndola (falta de produtos). O processo de gerenciamento também auxilia no conhecimento sobre os hábitos de compra de seus clientes.

O consumidor se beneficia com a maior agilidade nas compras, com o sortimento mais adequado às suas necessidades e com a redução de itens em falta. A experiência de compra se torna um processo agradável e prático.

Os produtores, por sua vez, são beneficiados com o aumento da produção decorrente das melhores vendas do varejo.

Por ter sido aplicado inicialmente por grandes redes varejistas formou-se a ideia de que somente grandes empresas estariam aptas a utilizarem tal método. Ao longo dos anos a metodologia para sua implantação vem sendo simplificada permitindo a utilização em empresas de qualquer porte e de diversos segmentos como: lojas de materiais de construção, minimercados, farmácias, lojas de autopeças entre outros.

Esta cartilha tem foco na metodologia para implantação do Gerenciamento por Categorias nos pequenos negócios do varejo alimentar, ou seja, minimercados e mercearias.

Imagine a seguinte situação comum nos minimercados: o consumidor vai as compras por produtos para fazer um churrasco de final de semana: carne, espetos, sal grosso, farofa e bebidas. Se esses produtos não estiverem localizados próximos e de forma organizada, o cliente perderá tempo para encontrá-los e poderá esquecer-se de algum item importante.

Com os produtos concentrados próximos à seção de carnes os consumidores ficarão satisfeitos com a facilidade de ter tudo à mão e não irão se esquecer de nada, podendo ainda levar outros produtos relacionados, como exemplo, uma tábua para cortar carnes, facas e produtos descartáveis.

A parte de organização dos produtos nas gôndolas e expositores fica visível aos olhos do consumidor, porém, o método é bem mais abrangente do que apenas isto.

Acesse a Cartilha: Gerenciamento por Categorias e obtenha mais informações.

Acompanhe mais matérias como essa na seção de Educação do Sebrae Mercados.