Started

Estão abertas as inscrições para o programa Start-Ed nas Escolas 2014, iniciativa da Fundação Lemann que tem como objetivo levar o trabalho de startups inovadoras a escolas públicas.

As startups de educação selecionadas receberão aporte de R$ 100 mil a R$ 300 mil para a implantação de programas pilotos nos colégios.

O programa tem duração prevista de 18 meses e fornece, além do aporte, apoio no planejamento da distribuição e implementação das soluções no ensino, convites para participações em eventos da Fundação e divulgação das empresas selecionadas.

Para participar, a startup já deve ter elaborado uma solução para educação, independente de ela estar ou não sendo utilizada. A inovação deve estar pronta para ser implementada até o segundo semestre do ano, e com capacidade para atingir entre 500 e 5 mil estudantes.

“Além do apoio em relação ao modelo de negócio, o Start-Ed tem dois diferenciais: apoiar os empreendedores no aprimoramento do seu produto com foco na melhoria da aprendizagem dos alunos e estimular a utilização em escala dos produtos em redes públicas de ensino”, diz o edital do programa.

As inscrições se encerram no dia 14 de março e o resultado será divulgado no site da Fundação Lemann, no dia 11 de abril.

Em 2013, a Fundação Lemann já apoiou programadores, educadores, pesquisadores e empreendedores no desenvolvimento de produtos educacionais com tecnologia em fase de conceito.

Para quem ainda não tem um projeto finalizado, a insitutição já avisou: essa modalidade, StartEd Lab, será oferecida novamente em 2014.

Para mais informações leia o edital e inscreva-se aqui!