As micro e pequenas empresas (MPE) no Brasil começaram a ser atendidas e associadas às cooperativas de crédito, em quantidade significativa, a partir da década de 90. De lá para cá não se parou de admitir MPE nos quadros de associados. Nos anos 2000 a possibilidade da livre admissão impulsionou esse crescimento e hoje cerca de 500 cooperativas já atendem esse tipo de cooperado. Estima-se que 900 mil MPE usam serviços financeiros disponibilizados nessas instituições.

O Sebrae divulgou recentemente uma pesquisa inédita, realizada em parceria com o Banco Central do Brasil e a Organização das Cooperativas Brasileiras, que retrata A Atuação das Cooperativas de Crédito no Âmbito das Micro e Pequenas Empresas.

cooperativas de credito pesquisa

A pesquisa identificou:

  • Perfil das Cooperativas de Crédito;
  • Perfil das MPE atendidas;
  • Atendimento às MPE pelas Cooperativas de Crédito;
  • Relação das Cooperativas de crédito e SEBRAE.

A pesquisa identificou alguns aspectos interessantes:

  • 26,7% dos cooperados são empresários ;
  • 1 em cada 4 empresários usam serviços de crédito nas cooperativas usando o CPF em vez do CNPJ;
  • Mais de dois terços (2/3) desses associados são potenciais clientes do Sebrae (empresários, empreendedores, produtores e profissionais  liberais);
  • Os créditos contratados com MPE em média correspondem a R$22.855,00 com um prazo, em sua maioria, de até 12 meses.
  • Cerca de 50% dos serviços contratados junto por MPE se refere a serviços de crédito com taxas médias de juros mensais que variam de 1,0 a 6,0% a depender da espécie de serviço.
  • 46% dos recursos das cooperativas são próprios;
  • As cooperativas, de uma forma geral sugeriram parcerias com o Sebrae sendo que uma em cada quatro destas  já realizam algum tipo de parceria com o Sebrae;
  • As cooperativas afirmaram que atendem MPE de forma diferenciada, com pouca burocracia e com taxas de juros mais competitivas ;
  • As cooperativas desejam atender mais MPE ;
  • Livre admissão é o tipo de cooperativa a qual as instituições querem se convolar;

Os resultados da pesquisa servem para as MPE conhecerem esse tipo de instituição financeira, regulada pelo Banco Central do Brasil, que agrega serviços com custos competitivos no mercado, servem também para as MPE apreenderem um pouco da cultura cooperativista que contribui para a sustentabilidade e o desenvolvimento local.

Para o Sistema Sebrae e as cooperativas os resultados da pesquisa pode colaborar para estratégias de atendimento às MPE.

Conheça a pesquisa completa em http://www.sebraemercados.com.br/wp-content/uploads/2015/11/Relatorio-final-pesquisa-atuação-das-cooperativas.pdf