O setor da construção civil é considerado o maior consumidor de madeira tropical do país. Para ela, esse mercado deve apropriar-se da consciência de que não basta preocupar-se somente com a qualidade e os custos da madeira, mas também com a sua origem. Políticas de compras responsáveis e sustentáveis são fundamentais para restringir a aquisição de madeira de desmatamento e de fontes ilegais ou desconhecidas. A aplicação da madeira pode variar desde peças com pouco ou nenhum processamento (madeira bruta e roliça) até peças com alto nível de beneficiamento (lâminas, madeira tratada com preservativos).
madeira-certicada
A implantação de medidas visando o uso racional e sustentável da madeira deve considerar desde a redução nos impactos ambientais de exploração florestal, passando pela redução na geração de resíduos e reciclagem, até a ampliação do ciclo de vida do material pela escolha correta do tipo de madeira a ser empregado e pelos procedimentos do condicionamento (secagem e preservação).
Para saber mais sobre o assunto, clique aqui.