Os bairros planejados são mais do que projetos de incorporação ou loteamentos. São cidades dentro de uma cidade que chegam ao mercado com planejamento urbanístico de um bairro inteiro, com o desenho de ruas, acessos e  iluminação pública, desenvolvido por empresas privadas (Exame, 2013). O mercado de bairros planejados vem despertando cada vez mais a atenção de grandes empresas como incorporadoras, construtoras, loteadoras e  companhias de urbanismo. E também significa oportunidade para os pequenos negócios da construção civil.

bairros-planejados

O desenvolvimento dos bairros planejados demandam empresas de perfis diferenciados, que normalmente  constituem uma equipe multidisciplinar de trabalho. Construtoras, incorporadoras, imobiliárias, empreiteiras, arquitetos, paisagistas, urbanistas e até sociólogos podem ser envolvidos no processo de criação do empreendimento.
Além da participação e articulação desses com o poder público.

A criação de novos bairros planejados abre portas para novos negócios, permitindo que diversas empresas possam participar de alguma forma. Os pequenos negócios têm grande potencial de atuação no processo de construção desses empreendimentos ou fornecendo insumos para sua execução.

Para saber mais sobre o assunto, clique aqui.