097

Boutique de carne é a resposta. Mas, para começar, o empreendedor deve saber a diferença entre uma boutique de carne e um açougue comum. A diferença está basicamente na aparência e na higiene do estabelecimento, na qualidade do produto, na manipulação da carne e no atendimento personalizado. Na boutique, o produto já vem cortado, embalado a vácuo, muitas vezes já temperado e fica condicionado em freezers.

Enfim, o visual e o produto da boutique são muito diferentes do açougue, onde as peças inteiras ficam dependuradas por ganchos ou colocadas sobre um balcão.

Mercado

O Brasil é um dos maiores produtores de carne no mundo (cerca de 14 milhões de toneladas/ano de Carnes — Bovina, Frango e Suína), como também apresenta um grande mercado consumidor. Diante disso, torna-se um mercado bastante atrativo. Conhecer e caracterizar quem são seus futuros clientes, o que e porquê compram, como e quando fazem suas compras e quais são suas tendências de consumo são avaliações essenciais para o sucesso de seu negócio.

Boas dicas para alcançar os objetivos quanto ao mercado são: lançar um olhar crítico sobre seu futuro negócio; analisá-lo do ponto de vista do consumidor e a partir daí definir o mercado a ser atingido. Você pode começar por identificar segmentos de mercado específicos nos quais você deseja atuar, para em seguida analisar a renda, idade, classe social dos futuros consumidores do produto que sua empresa irá “vender”.

Localização

O empresário que pretende entrar nesse ramo deve pesquisar os hábitos alimentares e de consumo de sua futura clientela. O ponto comercial deve ser de preferência em regiões de classe média alta para cima.

A escolha do local para instalar seu negócio é uma decisão muito importante para o sucesso do empreendimento. Lembre-se que as atividades econômicas da maioria das cidades é regulamentada em conformidade com um Plano Diretor Urbano (PDU). É essa Lei que determina o tipo de atividade que pode funcionar no imóvel escolhido por você.

Feita a “Consulta Prévia ao PDU”, certifique-se de que o local escolhido oferece a infraestrutura adequada à sua instalação e propicie seu crescimento. É fundamental avaliar a facilidade do acesso para os clientes, lembrando aí que o perfil de sua clientela é determinante para essa definição. Por exemplo: em princípio, não adianta estar localizado num local com amplo estacionamento mas longe de pontos de ônibus se esse é um meio de transporte predominantemente utilizado por sua clientela.

Empreendedor, saiba mais sobre o mercado de carnes. Acesse: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/Busca?q=Carnes