6228604624_045ef7ee37_o

Todo varejista sabe que a vitrine tem grande peso na conquista de clientes e realização de vendas. No entanto, muitos deles não sabem como montar uma vitrine magnética. Foi pensando nisso que o Sebrae no Varejo da Moda trouxe dicas básicas sobre vitrinismo.

Seguindo as dicas deste post, o empreendedor não errará mais: a vitrine atraente fará o cliente parar e entrar na loja. Confira:

1) Público-alvo
É fundamental conhecer bem os gostos e preferências do seu cliente para definir o tema e composição da vitrine. Isso porque o consumidor está mais interessado naquilo que tem a ver com seus interesses pessoais. Desta forma a loja e, consequentemente, a vitrine precisam ser uma extensão do ambiente que o cliente está habituado. O importante é a vitrine mostrar que a loja faz parte de seu mundo.

2) Objetivo/tema
Defina um objetivo para a vitrine: promover produtos novos? liquidar produtos do estoque? Data comemorativa (ex.: Dia das Mãe ou Natal)? Mudança de estação? Esta definição é fundamental para projetar a vitrine.

3) Produtos de destaque
Coloque na vitrine os produtos que devem ter maior destaque e aqueles que vão agradar à clientela. Incentive a venda casada, agrupando produtos semelhantes (Ex.: coloque próximo biquinis, saídas de banho e chinelos de dedo) e que combinam entre si, realizando uma consultoria silenciosa, ou seja, ensine seus clientes sobre o que está na moda e é elegante. Lembre-se: o produto com maior saída deve ficar no centro da vitrine e ao lado de outro mais caro (isso fará o cliente perceber que é um bom custo-benefício).

4) Preço
O preço deve estar visível, mas jamais fixado na roupa/sapato. Numere as peças da vitrine e crie uma placa com a relação dos números e os respectivos valores dos produtos.

5) Cores
As cores dão vida à vitrine, e por isso, são o fator mais importante para atrair o cliente. As cores escolhidas devem ser harmônicas entre si e o ideal é utilizar três cores na vitrine. Lembre-se:

- Tons vibrantes são para vitrines de verão e tons frios para o inverno;

- Vitrines masculinas têm cores mais clean (bege, branco e marinho)

– Vermelho é uma ótima opção para liquidações;

- Rosa e o azul são bons para lojas infantis;

- Cuidado com o amarelo, que apesar de chamativo e vibrante, tira o foco do cliente em relação ao produto.

6) Simetria
Os objetos da vitrine devem ter forma e tamanho semelhantes e altura e distâncias similares.

7) Iluminação
A iluminação é importantíssima em uma vitrine. É responsável por destacar os produtos, potencializar cores e emitir a sensação de que a loja é sofisticada ou descolada, por exemplo. Lembre-se: prefira lâmpadas embutidas e/ou spots, pois conferem um visual mais elegante e limpo; e jamais deixe a fiação à mostra.

Com informações do e-book 99 dicas essenciais para uma vitrine magnética, de Gisely Chessed.

Edição: Fernanda Peregrino, da FC Comunicação.

Foto: Zuarte Bolsas/Flickr